CRESCE A EXPORTAÇÃO NO PARÁ

As exportações paraenses no primeiro semestre de 2008 cresceram 23,59%, atingindo US$ 4,48 bilhões. As importações estaduais também aumentaram 69,34% nos primeiros seis meses do ano, chegando a US$ 433 milhões, o que gerou um saldo de US$ 4 bilhões na balança comercial do Estado. As informações são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Apesar de os produtos não estarem consolidados por segmento, é possível observar que o setor mineral continua a ser o grande impulsionador das exportações. As vendas externas de minério de ferro, por exemplo, cresceram 24,54% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 1,2 bilhão, o que representa 28,91% das exportações totais do Estado.
Os dados da Balança Comercial por Município, consolidados pelo MDIC, demonstram que, em relação ao valor de vendas externas, Belém é apenas o quinto município exportador paraense. A capital perde para Barcarena, Paraupebas, Marabá e Canaã dos Carajás, em uma demostração do peso que o setor mineral têm para a economia exportadora do Estado. O desempenho também sinaliza a fraca economia industrial do Estado ao demonstrar que, em Belém, o segmento de transformação ainda não conseguiu se consolidar. A sonhada verticalização ainda continua longe de se tornar realidade.
Barcarena, o maior município exportador do Pará gerou US$ 1,329 bilhão em divisas. Os principais produtos exportados, como não poderia deixar de ser, são o alumínio, a alumina e o caulim. Em Parauapebas, o minério de ferro domina as exportações é foi o responsável pelos US$ 1,295 bilhão em vendas externas realizadas pelo município no primeiro semestre de 2008.
Os principais produtos da pauta de Marabá são o ferro gusa – com um valor acumulado de US$ 401,7 milhões em exportações nos primeiros seis meses deste ano – e o manganês, que gerou US$ 116,6 milhões em divisas. No total, as exportações de Marabá atingiram US$528 milhões neste primeiro semestre. Já em Canaã dos Carajás, assim como em Parauapebas, a pauta de exportações possui um único produto, nesse caso, o cobre que registrou US$294,7 milhões em vendas ao exterior entre janeiro e junho de 2008.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: