MEIO AMBIENTE

A Gerência de Fiscalização de Áreas Degradadas (Gerad), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), divulgou o balanço parcial das autuações feitas durante a Operação “Sudeste Paraense”, que fiscalizou vários empreendimentos nessa região do Estado. A operação começou no dia 14 deste mês, conforme noticiou este bloger, e prosseguiu até a sexta-feira, 25.
O objetivo era vistoriar siderúrgicas, loteamentos, obras civis, matadouros, frigoríficos, mineradoras e projetos de reflorestamento. Além da Sema, participaram da força-tarefa o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) do Pará e equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.
O frigorífico Regiene Barcelos, em Parauapebas, recebeu um auto de infração por poluição do solo e pela construção de um galpão sem LO.
Já o Matadouro Catalão recebeu três autos por estocar madeira sem comprovação legal de origem. As infrações do matadoutro incluem poluição do solo e descumprimento de condicionantes.
O loteamento W. Torres foi duas vezes autuado pelo não cumprimento das fases do licenciamento ambiental e trabalhar sem LO.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: