FAZENDA SÃO LUIZ

Três integrantes do Movimento dos Trabalhares Rurais Sem-Terra, (MST), que desde o dia 17 estão acampados na fazenda São Luís, deram entrada no setor de emergência do Hospital Municipal de Parauapebas no último domingo (24), com várias queimaduras pelo corpo.
Apenas duas vítimas foram identificados pela reportagem: Jean Carlos Pereira de Sousa, 33 anos, e Liliane Inês dos Santos, 30 anos. De acordo com informações, no local existem dois grupos posseiros e o MST. Ainda segundo as informações, os três feridos teriam sido vítimas de uma bomba jogada por posseiros que também disputam área.
De acordo com a vítima Jean Carlos, que se encontra com várias lesões no corpo provocadas pelas bombas, o fato aconteceu por volta das 11h de domingo (24). Segundo Jean, os integrantes do MST foram surpreendidos por um grupo de posseiros que chegaram ao local em um caminhão, efetuando vários disparos de arma de fogo e jogando bombas contra os homens e mulheres que trabalhavamna área. Comunicada do ocorrido, uma guarnição da Polícia Militar esteve no hospital. Lá, foi informado pelos funcionários de plantão que Liliane Inês havia sido transferida às pressas para Marabá, em estado grave.
Fonte: Diário do Pará
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: