ENTREVISTA DE ROGER AGNELLI AO ESTADÃO

Presidente da Vale, a segunda maior mineradora do mundo, Roger Agnelli, disse ao Estadão que não se deve misturar as responsabilidades do poder público e das empresas privadas. “Se os Estados e municípios fizessem o que está escrito na Constituição, usar os royalties para investir em infra-estrutura e educação, vários prefeitos não estariam se queixando.

Eles não investem.”

Está muito fácil, hoje, para algumas autoridades, jogar o problema no colo do governo do Estado ou da iniciativa privada. Eles têm de olhar para eles mesmos. Onde estamos não faltam recursos para os municípios.

O que falta é seriedade no trato da coisa pública. Em Parauapebas, o prefeito claramente gosta de discurso, mas fazer não faz. Esse é o ponto. No discurso é campeão. Agora, olhar a questão social e do desenvolvimento social a longo prazo, fazer parcerias e respeitar o próximo, isso não faz.


Parauapebas já foi referência em termos de IDH. Não se pensou em longo prazo. (…) O presidente Lula diz que tem de ter uma reforma política. Sem dúvida tem de ter, porque a gente tem de parar de pensar nas próximas eleições. Temos de pensar o Brasil para os próximos 40 anos.
Anúncios

9 Respostas to “ENTREVISTA DE ROGER AGNELLI AO ESTADÃO”

  1. Anonymous Says:

    DUDU, olha o que o agnelli fala em determinado ponto da entrevista:

    “Os recursos que a gente paga de royalties são importantes para o município. Nos últimos anos, esse valor foi multiplicado por três, porque o preço do minério subiu e a CFEM (Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais) é fixada com base no preço de venda do minério. O poder público é que tem de olhar, investir mais em educação e chamar parcerias com iniciativa privada. De maneira geral, existe desvirtuamento desses recursos. Isso é o que acontece. Não falta dinheiro. Talvez faltem projetos porque falta capacitação na maioria das cidades.

  2. Anonymous Says:

    Desprezar o apoio de um empresário como Agnelli é burrice.
    Fazer campanha pra prejudicar os investimentos da empresa é no mínimo irresponsável.

  3. Anonymous Says:

    Zé Dudu,

    A responsabilidade social é de todos, principalmente dos mais aquinhoados, como a grande mineradora.

    A VALE, caro Zé, é clarividente, não cumpre com sua responsabilidade social em Parauapebas.

    Para uma empresa que vive de explorar um recurso não-renovável, a responsabilidade social, por razões óbvias, dado o futuro esgotamento dos recursos, deveria ser bem maior.

    Definitivamente não é o que vemos em Parauapebas e região.

    Dentro desta estratégia de abstenção da VALE em assumir o papel que lhe cabe está o e promoção da corrupção em nosso município. Pra VALE a última coisa que ele deseja é um gestor sério, honesto e competente, que defenda os interesses do povo que representa. Você acredita que prefeitos como FAISAL, CHICO, BEL e DARCI, que podem ter alguma diferença entre si, mas são todos CORRUPTOS, são eleitos a margem da vontade da VALE?

    Os royalties e a carga tributária para o setor minerário no Brasil são os menores do mundo, isso mesmo, menores do mundo.

    Separar a responsabilidade social entre o setor público e privado é de uma miopia, é um discurso inconcebível nos dias atuais. O Dr. ROGER AGNELLI, deveria folhear nossa Constituição Federal, precisamente em seu art.s 194 e 206, talvez a VALE não se sinta parte da sociedade brasileira, desta apenas querendo seus recursos minerais.

    É bom ter prefeito corrupto, assim o presidente da VALE pode fazer esse tipo discurso.

    Nós que moramos em Parauapebas sabemos da grandeza da VALE, que só é menor que sua irresponsabilidade social.

    Não queremos um prefeito, tipo menininho riquinho, cheio de vontades, que resolve brigar por brigar com a VALE.

    Mas queremos um prefeito e uma deputada federal que chame a VALE à RESPONSABILIDADE SOCIAL.

    sds.

  4. Anonymous Says:

    Algum Inteligente com esse discurso lindo com artigo, paragrafo,numero sabe me dizer o que seria Parauapebas hoje sem a presença da vale nele? sem empregar 50 mil pessoa, sem movimenta uma economia, sem criar demanda imobiliaria, especulaçõa, será que uma empresa como a W Torre ira fazer um investimento baseado só na pecuaria, pelo amor de Deus Vale e tudo, nesse momento para paruapebas, é o unico motivo para 150 mil pessoa acreditar nessa região.

  5. Anonymous Says:

    Caro amigo,

    vc deve desconhecer completamente a origem da VALE, quanto de dinheiro público foi investido nela e como ela foi parar nas mãos dos atuais acionistas.

    Devo dizer ao amigo da VALE, que não fosse ela, seria outra. Uma coisa te garanto, não estaria a mina de ferro de carajás incólume e tranquila sob o “nosso” sub-solo.

    Fique calmo, ela não abandonará nossa cidade, pode ter certeza.

  6. Anonymous Says:

    Essa posição submissa e esmolenta do anônimo das 9:40 é que faz com que o Brasil seja sempre o país do futuro e nunca do presente.

    Quem faz a VALE grande somos nós companheiro, com nosso minério e com nosso trabalho. Ela, quando pode faz é nos apequenar, como se percebe pelo vosso comentário.

  7. Anonymous Says:

    Bom em respeito a vontade daqueles que a acha que vale é algum orgão publica, constitui um empresa e vai fazer obra para o estado…

    Quanto a origem da empresa sei muito bem como sugiu, com planejamento, visão futurista.. colocando papeis no mercado onde o governo federal foi o principal investidor. só chegou a 2º maior do mundo depois que se livrou do governo, quando estava na mão do governo não tinha investimento, não gerava emprego, hoje nunca se viu tantos jovem trabalhando tendo oportunidade de emprego, como está tento aproveitamento mão de obra especializada. Quando se fala dque vale é grande graça a muito trabalho engraçado nós brasileiro somos preguiçoso por natureza.

  8. Anonymous Says:

    Pelo jeito companheiro das 13:54 vc sabe muito pouco das coisas, inclusive quanto a participação do governo na VALE, mas continue tentando, um dia chegaremos lá. Estamos aqui para nos ajudar.
    Abs e sds.

  9. Anonymous Says:

    A Cidadão das 16:41, quando eu vender as minhas ações da VALE Talvez eu concorde com vc, isso deve acontecer quando eu completar meus 30 anos de idade, daqui uns 11anos, Celebro de azeitona!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: