ACUSADO DE ASSALTO A BANCO EM CARAJÁS ESTÁ SOLTO

Preso preventivamente desde dezembro de 2007 pela participação nos assaltos a três agências bancárias e a uma joalheria localizadas na Serra dos Carajás, Tony Mota Passos (vulgo Alemão) vai responder ao processo em liberdade.

O acusado de assalto a banco teve habeas corpus concedido pela 6ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça). A decisão, por maioria, entendeu que porque houve excesso no tempo de conclusão da ação penal o preso deveria ser libertado e responder ao processo em liberdade.

De acordo com o processo, Tony Passos seria o chefe da quadrilha de pelo menos oito homens que, no dia 30 de novembro de 2007, assaltou uma joalheria e as agências bancárias do Bradesco, Banco do Brasil e do Banco da Amazônia, de onde foram roubados cerca R$ 1 milhão.

Durante sua prisão, Passos foi atingido por um tiro de fuzil e teve a perna direita amputada.

O ministro Og Fernandes, relator do caso, não concederia o habeas corpus. No entanto, junto com o voto divergente da desembargadora convocada Jane Silva, a Turma, por 3 votos a 2, reconheceu que o acusado ficou preso por mais tempo do que determina a lei, uma vez que não foi comprovada a culpa.

3 Respostas to “ACUSADO DE ASSALTO A BANCO EM CARAJÁS ESTÁ SOLTO”

  1. Anonymous Says:

    g9lo

    é nossa boa e velha “justiça”

  2. Anonymous Says:

    e daí? se aqui em Parauapebas Darci, Emílio da Locarauto, Branco da White Tratores e cia LTDA estado soltos?

  3. Anonymous Says:

    g9lo

    hipócrita comparação!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: