ELEIÇÃO EM CANAÃ

A Coligação “Retomando o Progresso”, encabeçada por Anuar Alves, de Canaã dos Carajás, entrou com representação contra o candidato do PMDB naquele município, “Ribita”, sua vice e o candidato a vereador Manoel Alves da Silva. A alegação é de compra de votos, captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico.
Conforme consta da denúncia oferecida à Justiça, os três acusados estariam transportando ilegalmente eleitores residentes em Belém e Marituba para exercerem o direito de voto na cidade de Canaã dos Carajás. O fato teria sido comprovado no dia da eleição. Um ônibus teria sido fretado com a finalidade exclusiva de transportar os eleitores. Só esse fato já representaria uma transgressão à lei. Os advogados sustentam, porém, que as ilegalidades patrocinadas pelo candidato do PMDB, por sua vice e pelo candidato a vereador Manoel Alves da Silva foram ainda mais graves. Além de terem a viagem bancada integralmente pelos candidatos, os eleitores transportados de Belém e Marituba teriam recebido uma ‘ajuda’ em dinheiro no valor de R$ 50, conforme admitiram em depoimentos prestados na Delegacia de Polícia do município. O referido ônibus foi interceptado no dia da eleição por volta das 14 horas por militantes contrários à Ribita. A Polícia Civil e a Justiça Eleitoral foram chamados e foram todos para a Delegacia local, onde foi lavrado B.O. do fato. Anexa à representação os advogados apresentaram fita de vídeo e depoimentos de pessoas que confirmam os fatos alegados.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: